ÍCONES

Como o imaginário de outras gentes, o daqueles que vivem em São Gonçalo constitui-se no ir e vir das experiências locais. As marcas e referências que rememoram a cidade, seus habitantes, seus valores, seu patrimônio cultural, convertem-se em ícones. Símbolos compartilhados, elementos de preservação dos laços identitários.