contato eventos produtos equipe o projeto

O PROJETO:

A linha de pesquisa "História de São Gonçalo: Memória e Identidade" objetiva investigar as experiências dos que viveram, e vivem, nessa municipalidade. Em diálogo com as produções da microhistória, elegemos a sociedade gonçalense, em seus recortes espaciais e cronológicas para nossas pesquisas. Procuramos realizar nossas pesquisas buscando as redes de interseção entre o local e o nacional.

Consideramos que essa abordagem nos possibilita analisar a constituição de relações de poder entre indivíduos, grupos e instituições.

Pretende-se com isso, não só a investigação histórica, mas aplicabilidades pedagógicas para a formação de professores-pesquisadores e para o uso cotidiano do ensino fundamental.

Acreditamos que, dessa forma, a universidade possa exercer seu papel de locus de formação profissional e de produção de conhecimento.

O Grupo de Pesquisa possui uma série de projetos em desenvolvimento:

Pesquisas Monográficas vem desenvolvendo análises sobre temáticas específicas referentes a história do município;

Explorando a Iconografia Gonçalense: fotografia e história. Vem buscando levantar a memória fotográfica da cidade;

Memória e História Oral: histórias de vidas no município de São Gonçalo. O projeto vem realizando entrevistas na procura de resgatar a memória/história dos habitantes locais;

História de São Gonçalo: memória e identidade

O intelectual e a cidade:
Luiz Palmier e a conformação da São Gonçalo Moderna. Esse projeto objetiva desenvolver uma reflexão sobre a história gonçalense da primeira metade do século XX a partir desse personagem.

Contando Histórias de São Gonçalo: O leitor/navegador poderá encontrar textos explicativos sobre momentos da formação do que veio a ser a sociedade gonçalense. Documentos diversos - mapas, imagens, testemunhos - ilustram e enriquecem as histórias narradas.
Propostas de roteiros de aulas e de atividades pedagógicas integram o conjunto, visando, em especial, oferecer aos professores e demais profissionais da educação, algumas sugestões e instrumentos de trabalho.

HISTÓRICO:

Nossas reflexões sobre a história de São Gonçalo iniciaram-se no ano de 1996. Começamos elaborando o Guia de Fontes para História de São Gonçalo, visando um primeiro levantamento e identificação de fontes documentais referentes à história gonçalense. Elaboramos um instrumento que pudesse estimular a prática da investigação histórica entre alunos e pesquisadores em geral e que foi editado em 1999.

No ano de 1998, desdobramos nossas atividades em dois projetos interdependentes: a análise de alguns conjuntos documentais e a escrita de textos com objetivo de produzir um livro didático para o primeiro segmento do ensino fundamental.

Nos anos de 1999 e 2000, nossas atividades concentraram-se na elaboração de textos voltados para a história gonçalense dos períodos colonial e imperial. Organizamos também um primeiro curso de extensão para professores da rede pública (Contando histórias de São Gonçalo). Ainda em 2000, iniciamos um novo projeto - Explorando a iconografia gonçalense - voltado para o levantamento e identificação de fontes iconográficas, especialmente a fotografia. Realizamos a exposição de fotografias intitulada "Imagens de São Gonçalo".

No ano seguinte, além de continuarmos desenvolvendo os projetos anteriores, ampliamos nossa rede de ações com o projeto "Memória e História Oral" onde através da metodologia da História Oral coletamos depoimentos de moradores idosos. Ao entrevistarmos gonçalenses pretende-se observar aspectos públicos e privados da vida dos depoentes, permitindo-nos construir imagens diversas de São Gonçalo.

Desde então consolidamos nossas ações nesses três campos de atuação – coleta, organização e pesquisas em fontes documentais, imagéticas e depoimentos orais. Em 2003 iniciamos uma pesquisa que objetiva compreender a história de São Gonçalo na primeira metade do século XX através da figura de Luiz Palmier. Organizamos a exposição “Luiz Palmier. O intelectual e a cidade” e publicamos o livro “O intelectual e a cidade: Luiz Palmier e a São Gonçalo moderna”. Desenvolvemos um Banco de Imagens Digitalizadas que atualmente conta com quase 3000 imagens e montamos um banco de entrevistas com mais de 40 depoimentos.

História de São Gonçalo: memória e identidade